11 de junho de 2015

São Paulo recebe proposta por Denilson e pode embolsar até R$ 7 milhões

Denilson pode deixar o São Paulo e acertar com o Al-Wahda por três anosO volante Denilson está na mira do futebol dos Emirados Árabes Unidos. O São Paulo recebeu uma proposta do Al-Wahda pelo jogador de 27 anos. Se concretizada a negociação, o clube receberá cerca de 2 milhões de euros (R$ 7,1 milhões) pelo atleta.
O São Paulo confirma o interesse do clube árabe, mas diz que não há nada definido. Segundo o estafe do jogador, a decisão ocorrerá após uma reunião entre a diretoria e o próprio Denilson, que se mostrou surpreso com o interesse do Al-Wahda.
O clube paulista detém 40% dos direitos econômicos do atleta. Já Denilson, por meio da empresa D15 Empreendimentos Esportivos, é dono de 60%. Com isso, receberia 3 milhões de euros (R$ 10,5 milhões). Em relação ao tempo de contrato, a proposta do Al-Wahda é de três anos. 
Em agosto do ano passado, o São Paulo recusou uma proposta do Benfica (POR). Os portugueses estavam dispostos a pagar 4 milhões de euros (R$ 14,1 milhões na cotação atual). O clube paulista, dessa forma, receberia R$ 5,6 milhões.
Denilson é formado nas categorias de base do São Paulo e se transferiu para o Arsenal, da Inglaterra, em 2006. Em julho de 2011, o jogador voltou ao São Paulo por empréstimo de uma ano. Ao término do contrato, renovou por mais 12 meses.
Em junho de 2013, Denilson rescindiu com o Arsenal e renovou com o time paulista por cinco anos. Após o fato, o São Paulo desembolsou R$ 5,3 milhões pelos direitos econômicos do atleta e recebeu em seguida R$ 2,7 milhões por 60% dos direitos. 
No São Paulo, o camisa 15 já disputou 211 partidas, com apenas um gol marcado -- na vitória por 3 a 0 sobre o Palmeiras, na reta final do Campeonato Brasileiro de 2012. 
Negociações
O São Paulo também está perto de acertar a venda de Rodrigo Caio para o Atlético de Madri. O jogador de 21 anos, além de atuar na zaga, também pode ser escalado com primeiro volante -- o fato ocorreu na estreia do Brasileirão, diante do Flamengo.
Em uma eventual transferência do jogador, o São Paulo embolsaria mais de R$ 42 milhões. O clube, dono de 80% dos direitos econômicos, aceitou a proposta de 15 milhões de euros pelo atleta, mas ainda tenta contar com ele até dezembro deste ano. O Atlético, por sua vez, espera contar com Rodrigo Caio já em julho.
A venda de jogadores é uma das saídas para o São Paulo acertar a situação financeira. O clube deve dois meses de direitos de imagem a alguns jogadores do elenco. A ideia da diretoria é acertar todos os pagamentos e pôr fim aos atrasos com a entrada de uma verba extraordinária no caixa.
Postar um comentário